As estatais precisam consultar os cadastros de penalidades nas licitações

Diretrizes nas licitações das estatais

Nova lei das estatais

Novo regime de licitaçõs nas estatais

Penalidades nas estatais
Licitações e contratos nas estatais
Compras e aquisições nas estatais
Dispensa por pequeno valor nas estatais
Licitações e contratos nas estatais
RDC
RDC princípios
RDC novidades
Empate nas licitações das estatais

As estatais precisam consultar os cadastros de penalidades nas licitações

CADASTRO DE PENALIDADES (art. 37)

Sim, as estatais são obrigadas a cadastrar ou informar os responsáveis para o cadastro das penalidades no CEIS. A obrigatoriedade consta no art. 37 da Lei 13.303/16 , mas já era amparada pelo art. 23 da Lei Anticorrupção (Lei 12.846/13):
 

Art. 37.  A empresa pública e a sociedade de economia mista deverão informar os dados relativos às sanções por elas aplicadas aos contratados, nos termos definidos no art. 83, de forma a manter atualizado o cadastro de empresas inidôneas de que trata o art. 23 da Lei no 12.846, de 1o de agosto de 2013. 

§ 1o  O fornecedor incluído no cadastro referido no caput não poderá disputar licitação ou participar, direta ou indiretamente, da execução de contrato. 
§ 2o  Serão excluídos do cadastro referido no caput, a qualquer tempo, fornecedores que demonstrarem a superação dos motivos que deram causa à restrição contra eles promovida. 

Lei nº 12.846/13:

Art. 23.  Os órgãos ou entidades dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário de todas as esferas de governo deverão informar e manter atualizados, para fins de publicidade, no Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas - CEIS, de caráter público, instituído no âmbito do Poder Executivo federal, os dados relativos às sanções por eles aplicadas, nos termos do disposto nos arts. 87 e 88 da Lei no 8.666, de 21 de junho de 1993.  
O CEIS surgiu com a Portaria CGU nº 516, de 15 de março de 2010, funcionando com um cadastro de penalidades que deve ser sempre consultado nas licitações, com o fito de identificar se a empresa possui alguma pena em vigor que a impeça de participar do certame.