google-site-verification: google9b055b63b145b2a7.html
etapa de lances no pregão eletrônico

Finalizando a etapa de lances no pregão eletrônico

Escolha do portal no pregão eletrônico

Pesquisa de mercado no pregão eletrônico

Elaboração do edital no pregão eletrônico
Publicação do edital no pregão eletrônico
Impugnação do edital no pregão eletrônico
Credenciamento no pregão eletrônico
Adiamento e suspensão no pregão eletrônico
Lances no pregão eletrônico
Encerramento dos lances no pregão eletrônico
Pregão eletrônico
Pregão presencial passo a passo
Recursos administrativos no pregão

Etapa de lances no pregão eletrônico

Enquanto no pregão presencial o pregoeiro convoca os licitantes, um a um, na ordem decrescente de valores de proposta, para, se quiserem, ofertarem novos lances, no pregão eletrônico, aberta a fase de lances, todos os licitantes encaminham lances consecutivos que são recebidos e ordenados automaticamente pelo próprio sistema.

Aberta a competição pelo pregoeiro , os licitantes poderão encaminhar quantos lances desejarem, não sendo necessário esperar ser convocado pelo pregoeiro para fazê-lo como ocorre no pregão presencial. 

O Sistema Eletrônico informará em tempo real qual é o menor lance registrado até o momento (sem identificar seu autor) e, na tela de cada um dos licitantes competidores, informará também o seu último lance registrado.

O licitante autor do menor lance será informado que seu lance é o menor até o momento (no Compras Governamentais, este fato é identificado por um sinal verde, sinalizando que seu lance é o vencedor até o momento).

  
Visando impedir a utilização do “software robô”, responsável pelo envio de lances ininterruptos pelo licitante que o utilize[1], o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão editou a Instrução Normativa nº 3, de 16 de dezembro de 2011 no âmbito dos órgãos/entidades do SISG e demais que firmaram termo de adesão para utilização do SIASG, determinando que “o intervalo entre os lances enviados pelo mesmo licitante não poderá ser inferior a vinte (20) segundos e o intervalo entre lances não poderá ser inferior a três (3) segundos. Os lances enviados em desacordo com esta regra serão descartados automaticamente pelo sistema”

 Ainda, a respeito dos lances no pregão eletrônico, os competidores não ficam restritos à regra vigente no pregão presencial, pela qual só poderiam ofertar lances se inferior ao menor lance existente.
  
No pregão eletrônico , os lances poderão ser:

a)menor que o menor lance apresentado por seu concorrente, com o fito de ficar em primeiro lugar na disputa;

b) menor que seu próprio lance anterior registrado, mesmo que este seja acima do menor lance registrado por seu concorrente. Neste caso você estará disputando segundo, terceiro, quarto lugar, mas não o primeiro.


Os lances no pregão eletrônico, não poderão configurar situação de empate. No caso de duas ou mais empresas enviarem lances de igual valor, prevalecerá o primeiro lance enviado e registrado pelo sistema:

Decreto 5.450/05, Art. 24. (...)

§ 4o Não serão aceitos dois ou mais lances iguais, prevalecendo aquele que for recebido e registrado primeiro.

O regulamento também não permite outra forma de envio de lances que não seja mediante sistema eletrônico.

Decreto 5.450/05

Art. 24.  Classificadas as propostas, o pregoeiro dará início à fase competitiva, quando então os licitantes poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico.

Importante ressaltar que os licitantes apenas poderão encaminhar seus lances após a abertura desta fase pelo pregoeiro no sistema eletrônico.


PARA QUEM TEM INTERESSE EM SE APROFUNDAR NO ASSUNTO VEJA O CURSO COMPLETO E PROFISSIONALIZANTE DE PREGÃO ELETRÔNICO CLIQUE AQUI